quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Em Entrevista a Rádio, Oposto Lorena critica Bernardinho.


  • Confira a entrevista de Lorena à Rádio Bradesco









Conhecido pelo seu jeito explosivo em quadra, o oposto Lorena, do Sesi-SP, decidiu desabafar no mesmo tom contra o técnico Bernardinho. Reclamando da falta de chances na seleção brasileira de vôlei, o jogador admitiu que tem um estilo "agressivo". Mas diz que Bernardinho não foi honesto com ele.

“Nunca tive oportunidade na seleção brasileira. Minha grande angústia sobre o Bernardinho é sempre me julgar sem me conhecer. Para mim, ele é a mesma coisa que nada. Comigo ele não foi muito honesto”, disse em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM Rio.

Lorena comentou que muitos jogadores convocados pelo treinador não merecem mais chances do que ele. Lembrando que o oposto é um dos maiores pontuadores da Superliga e já foi pré-convocado por Bernardinho para a Liga Mundial de Vôlei 2012, mas na convocação final, seu nome ficou de fora.

“Eu não sei qual é o pensamento dele, ele sempre teve o grupo formado. Ele é um vencedor, mas eu deveria, no mínimo, treinar com o grupo da Seleção. Nunca quis me testar, ele sempre quis me criticar. Vejo tanto oposto convocado que não fez metade do que eu fiz. Eu queria saber o julgamento que ele tem sobre mim, pelo menos, para ser testado. De repente eu não tenho nível para a Seleção, mas acho que não é isso”, esbravejou.

Segundo o atleta, se depender do técnico, a “Família Bernardinho” nunca contará com Lorena. “Não o conheço e não tenho nada para falar dele. Eu nunca fiz parte do grupo dele, ele me julgou por outras coisas e não pelo vôlei”, garantiu.

Jeito explosivo

Lorena é amado pelos torcedores do Sesi e odiado pelos rivais. Ele garantiu que é preciso ser agressivo para ser um grande atleta dentro das quadras.

“Sou agressivo sim e no esporte tem que ser assim. Estou ali para vencer e não para ser amigo de ninguém. Quando eu não tiver essa agressividade, eu vou ficar um pouco bolado. Não sou um cara difícil, sempre jogo nas maiores equipes”, concluiu.

Fonte: Band/UOL

Tudo Bem com o Brasileiro Leandro Vissotto.

Leandro Vissotto minimizou o incidente ocorrido no jogo em que sua equipe, o Ural Ufa, venceu o Grozny por 3 sets a 2, em partida disputada na noite desta quarta-feira, na cidade de Ufa, pelo Campeonato Russo de Vôlei. O oposto afirmou que tudo não passou de um susto e as informações que chegaram ao Brasil foram exageradas.

“Eu estava muito bem no jogo e havia feito 14 pontos só no primeiro set. No final da primeira parcial (vencida pelos visitantes por 37 a 35), senti uma arritmia e coloquei a mão no pescoço para verificar os batimentos do coração. Por precaução, saí do jogo e fui para o vestiário”, detalhou.

O oposto de 29 anos de idade e 2,12 metros retificou a informação de que teria sido levado a uma clínica. “O ginásio onde o Ural joga é bem equipado e fiz um eletrocardiograma lá mesmo. Não precisei ser levado para nenhuma clínica. Minutos depois eu já estava bem, tanto que assisti o restante do jogo e fui embora sem nenhum problema”, acrescentou.

NORMAL

Assim que chegou a sua casa em Ufa, Vissotto entrou em contato com o médico que comandou o cateterismo a que foi submetido, em abril do ano passado, no Rio de Janeiro. “O Dr Jacob Atie pediu detalhes do ocorrido e disse que essa situação pode acontecer, mas me tranquilizou, afirmando que vou poder seguir jogando normalmente”.

O oposto da seleção brasileira ressaltou que, no episódio de ontem, notou uma grande diferença em relação a uma ocorrência anterior ao cateterismo. “Lembro que, em uma situação parecida, antes da cirurgia, cheguei a ficar umas três horas com arritmia. Ontem (quarta-feira), uns cinco minutos depois que deixei a quadra já estava completamente normal. Só não voltei ao jogo mesmo por precaução”, afirmou.

AGRADECIMENTOS

Para mostrar que já retomou sua rotina, Vissotto treinou normalmente na manhã desta quinta-feira e, no período da tarde, passou o tempo livre jogando vídeo game.

“Entrei na internet agora há pouco e vi diversos e-mails e mensagens nas redes sociais de familiares, amigos, jornalistas e fãs perguntando como eu estava. Quero agradecer a todos pelo carinho e reafirmar que estou muito bem e ainda vou jogar muito aqui pelo Ural Ufa e pela seleção”, finalizou o campeão mundial em 2010 e medalha de prata nas Olimpíadas de Londres, em 2012.


Pelo Twitter, Vissotto também tranquilizou seus fãs e amigos.


Oposto Vissotto passa mal mais uma vez.

Foto: Ural Ufa/Divulgação
Durante o primeiro set do jogo entre Ural Ufa e Grozny, nesta terça-feira, pelo Campeonato Russo, O oposto brasileiro Leandro Vissotto deixou o campo passando mal.

Ao sair de quadra, O jogador do Ural Ufa apontou primeiramente para o pescoço e então para o peito (coração), logo em seguida foi direcionado a uma Ambulância, sem mais informações depois disso.

Treinador da equipe russa, o italiano Angelo Frigoni, comentou sobre o assunto, após o jogo: " Eu não falei com o médico, não posso dizer nada de concreto."

Vale ressaltar que, se confirmado, o problema no coração será a quarta vez que o oposto sofre de problema parecido. A primeira vez foi quando atuava no Trentino na temporada 2008/2009. A mesma coisa que sentiu no Brasil, em um treinamento no Vôlei Futuro, de Araçatuba, na temporada 2010/11 e a terceira vez na temporada passada pela semifinal do Campeonato Italiano entre o seu ex-clube, o Cuneo e o Macerata obrigando o jogador a fazer uma cirurgia no coração (Cateterismo).

Fonte: Daniel Bortoletto (Saque)/Volley.ru/Volleyball.it
Aguardando, Preocupado, uma Nota Oficial de sua assessoria de imprensa.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Maurício Bara assume a direção da Faculdade de Educação Física


O vice-diretor da Faculdade de Educação Física e Desportos da UFJF, Maurício Gattás Bara Filho, assumiu nesta sexta, 25, como diretor da unidade. A seu lado, foi empossado como vice, Mateus Camaroti Laterza. A cerimônia ocorreu no Ginásio de Ginástica da Faefid e foi presidida pelo reitor Henrique Duque.

Os dois professores fizeram parte de uma chapa única e foram escolhidos por 90% dos votos válidos na consulta pública feita a alunos, técnicos e docentes da faculdade. Em seguida, a congregação da unidade, formada por integrantes das três categorias, se reuniu, em 2 de outubro de 2012, e referendou a escolha.

Conforme Bara, muitas realizações foram coordenadas pela atual gestora, professora Edna Ribeiro Hernandez Martin, e é necessário manter esse ritmo. “A faculdade viveu uma grande transformação estrutural e acadêmica que trouxe melhorias significativas nos últimos anos. Então é importante permanecer com esse trabalho e fazermos um levantamento dos aspectos a serem conquistados nesta gestão,” afirma o novo diretor da unidade pelos próximos quatro anos.

Maurício Bara é doutor em Educação Física pela Universidade Gama Filho e atua principalmente nas áreas de treinamento desportivo, psicofisiologia, natação e atividades físicas. É treinador da equipe profissional de Vôlei da UFJF e esteve diante da administração da Faefid nos últimos quatro anos.

Novo Ginásio será construído.

Durante a solenidade de posse do professor Maurício Bara como novo diretor da Faculdade de Educação Física, ocorrida na sexta-feira, 25, o reitor da UFJF, Henrique Duque, anunciou que a licitação para a construção do novo ginásio da Universidade será lançada nas próximas semanas. De acordo com informações da Secretaria de Comunicação, o pró-reitor de Infraestrutura, Paschoal Tonelli, confirmou que o lançamento será em fevereiro e que estão sendo feitos ajustes finais.

O novo ginásio terá capacidade para mais de 2 mil espectadores, sendo um terço destes lugares em arquibancadas retráteis para aumentar a área de treino. O poliesportivo contará com cabines para imprensa e tribuna para autoridades. Terá piso e equipamentos oficiais, além de vestiários para árbitros, para os atletas e sanitários para o público. Em anexo, terá ginásios para a prática de ginástica e outro para lutas, além de laboratórios biomédicos. O conjunto ainda contempla vestiários para atletas e árbitros conectados à pista de atletismo. Tudo adaptado, inclusive com elevadores.

A arena irá ocupar um espaço ocioso no complexo da Faculdade de Educação Física e Desporto (Faefid) e será erguida próximo à piscina. A construção coexistirá com o atual ginásio da Faefid - conhecido também como Arena UFJF -, que, com as arquibancadas móveis instaladas para a disputa da Superliga Masculina de Vôlei, chegou à capacidade para mil pessoas. O projeto da arena é assinado pelo arquiteto Rogério Mascarenhas e terá todas suas medidas oficiais para a prática das diversas modalidades disputadas em quadra.

"Um novo ginásio é uma necessidade da própria faculdade, que apresentou um crescimento muito grande nas questões esportivas no último ano. A ideia não surgiu a partir do nosso projeto de vôlei, que também será beneficiado. Vejo também como uma necessidade da própria cidade. Os atuais equipamentos existentes estão bastante deteriorados. Independente da finalização do Ginásio Municipal, a cidade é carente deste tipo de aparelho", avalia o professor da Faefid Maurício Bara, também treinador do time de vôlei da UFJF.

Segundo Bara, o projeto tem uma preocupação especial com detalhes como arquibancadas e estrutura de vestiários, por exemplo. "Levamos os responsáveis pelo projeto para conhecer o ginásio do Minas, em Belo Horizonte, para ter uma ideia melhor de quais são os objetivos da nova arena."

Inicialmente, foi divulgado que seriam utilizados R$ 42 milhões para a construção do ginásio e da nova reitoria.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Recuperado de Lesão no Tornozelo, Oposto Franco comemora retorno ás quadras.

Recuperado, Franco comemora retorno às quadras. "Estou pronto para ajudar"
(Foto: Cinara Piccolo | Piccolo & Inamine)
Além da vitória sobre o Super Imperatriz Vôlei, por 3 a 2, no Ginásio do Taquaral, o Medley/Campinas teve outra boa notícia: a volta do oposto Franco. Recuperado de uma lesão no tornozelo, o camisa 18 saiu do banco de reservas, foi titular em dois sets e ajudou o time campineiro a recuperar o quarto lugar na Superliga Masculina de Vôlei.

“Fiquei 40 dias fora. Voltei no jogo contra o Sada Cruzeiro, mas só fui para a quadra nos dois últimos jogos contra o Canoas e contra o Florianópolis. Não aguentava mais ficar de fora só olhando. Estou com muita energia e vontade de ajudar o time durante o restante da Superliga”, afirmou o jogador.

Franco entrou na vaga de Rivaldo ainda no segundo set. Ele agradou o treinador Marcos Pacheco e foi titular nas duas parciais seguintes. Com entrosamento com o levantador Rodriguinho afiado, o oposto foi uma importante peça de ataque do time campineiro e saiu de quadra com onze pontos.

“Aumentei ainda mais minha motivação depois deste jogo. Cada vez que ia para o saque, a torcida gritava meu nome. É bom saber que eles sentiram minha falta, que estão felizes com meu retorno e me apoiando. Isso me estímulo para seguir crescendo de produção”, encerrou.

Campeão mundial juvenil em 2009 pela Seleção Brasileira, Franco é um dos jogadores que está no Medley/Campinas desde o início do projeto – assim como os centrais Gustavão e André Heller. Com ajuda do oposto, o Medley/Campinas tenta mais uma vitória na Superliga na próxima quinta-feira (31), diante o UFJF, no Ginásio do Taquaral.

Superliga no Maranhão? CBV negocia a realização de jogos no estado.


Ginásio Castelinho lotado na estreia do Maranhão Basquete na LBF
No inicio da Superliga 2012/13, A CBV tinha planos de tornar a Superliga em um produto nacional onde o publico fora do eixo sul-sudeste pudesse assistir aos jogos mas para isso ou se criava uma equipe nas regiões mais distantes (Norte,Nordeste ou Centro-Oeste) mas como Ary Graça mesmo disse: "A Superliga é um produto de excelência e, como tal, custa caro" ou a tornava itinerante com jogos de grandes equipe em estados menores.

"O Estado que quiser um jogo da Superliga só precisa nos ligar que vamos levar." disse Ary Graça na apresentação da Superliga em novembro.

E, no inicio desse mês, o Maranhão ligou e iniciou as negociações com sucesso.

"Já conseguimos nesse período de 10 dias de negociações, quatro equipes para jogar aqui e estamos trazendo uma série de condições para que isso aconteça. Vamos tentar junto ao SporTV a possibilidade, se não de todos, se parte dos jogos que poderão ser realizados." disse o superintendente técnico da CBV, Renato D'Avila.

Os jogos que poderão ser realizados em São Luís, serão nos dias 28 de fevereiro, quando o Volta Redonda encara o São Bernardo e o Funvic terá pela frente o Sesi. No dia 3 de março as equipes voltam a jogar entre si, com o Sesi encarando o Volta Redonda e o Funvic jogando contra o São Bernardo. As partidas serão válidas pela penúltima e última rodada da fase classificatória, que determina os oito times que avançam para os play-offs.

E Público para esse jogos é o que não vai faltar, abaixo um pequeno relato sobre a presença da torcida no Ginásio Castelinho na estreia do Maranhão Basquete na LBF.

"O público ludovicense, aliás, é um capítulo a parte. Sem dúvida nenhuma vai ser um grande trunfo durante a competição. A torcida deveria ganhar o prêmio solidariedade, porque a Ilha de São Luís nesse período pré-carnavalesco respira festa em todos os cantos e becos. E encarar o jogo às nove da manhã num domingo de sol e com concorrência de outros entretenimentos não é fácil. A cada ponto marcado pelo Maranhão Basquete, a galera ia a loucura, principalmente quando da local Iziane. Os ensandecidos torcedores apoiaram o time do começo ao fim e, embora frustrados com a derrota, a festa foi grande."

Ainda penso que existam outras maneiras mais atrativas de levar esse jogos para Norte, Nordeste ou Centro-Oeste como o Jogo das Estrelas ou uma Copa do Brasil onde poderia ser dado oportunidade de equipe sem tanto investimento como Vitoria, UFC, Sport ,Clube do Remo enfrentar grandes equipes em casa mas a ideia proposta pode se tornar interessante principalmente se atender as necessidades mercadológicas dos clubes selecionados.

Fonte: FolhadeSP/GloboEsporte/BalanaCesta

ESPANHA: CAI Teruel conquista a Copa del Rey

CAI Teruel Tri-Campeão da Copa del Rey

CAI Teruel Voleibol conquistou seu terceiro título consecutivo na Copa del Rey depois de bater na final o Unicaja Almeria por 3 sets a 0 (29/27, 25/19 e 25/23). O torneio foi todo realizado nesse final de semana em Ibiza. 

Mil e cem espectadores desfrutaram de um disputado jogo, onde o CAI Teruel aproveitou a sua maior experiência em decisões e a espetacular apresentação do Oposto Juan Carlos Barcala, maior pontuador da partida, para vencer a Copa del Rey.


Resultado:

CAI Teruel Voleibol 3x0 Unicaja Almeria (29/27, 25/19 e 25/23) - Estatísticas

Equipes (Pontos)

CAI Voleibol Teruel: Parres (10), Arranz (3), Sevillano (6), Torcello (6), Sugrañes (6), Barcala (23), Llenas (Líbero). Entraram: De Amo (-), Marcos Dreyer (1), Ronchi (-) e Fran Rodríguez (2)

Unicaja Almería: Ferrera (1), Jassim (8), Villena (16), García Torres (7), Viciana (3), Ruiz (3), Llabrés (Líbero). Entraram: Sánchez (-), Almansa (3), Freddy Cedeño (3).

MVP da Copa del Rey: Juan Carlos Barcala (CAI Voleibol Teruel)

domingo, 27 de janeiro de 2013

Com Lipe eleito MVP, Zaksa é campeão da Copa da Polônia

Zaksa campeão da Copa da Polônia depois de 11 anos!!
O Zaksa é campeão da Copa da Polônia 2012/2013. E pode agradecer muito à brilhante atuação do ponteiro Lipe, ‘Melhor Atacante’ e ‘Melhor Jogador’ (MVP) do Final Four da competição, realizado este fim-de-semana, em Czestochowa. Com uma atuação empolgante, o Zaksa venceu o Rzeszow por 3 sets a 1, com parciais de 19/25, 25/18, 25/21 e 25/23, e comemorou muito a conquista do torneio.

O título dá ainda mais confiança para a equipe dos brasileiros Lipe e Mineiro na sequência do Campeonato Polonês, onde ocupa a vice-liderança, e para a disputa das quartas-de-final da Champions League, tendo como adversário o Arkas Izmir (Turquia), confrontos ainda sem datas definidas. Eufórico, Lipe vibrou com o ‘primeiro objetivo’ na Polônia e dedicou a vitória às vítimas de Santa Maria (RS).

- Perdemos o primeiro set. Depois viemos com outra cabeça. Dei uma bronca no intervalo, tive até que pedir desculpas antes de entrar na quadra, para que entendessem que aquele era o espirito, mas que não queria que ficassem chateados comigo. Ali eu estava por eles. Depois disso senti uma energia muito forte. Quando isso acontece, ninguém segura. Foi muito emocionante vencer assim, fico feliz com o reconhecimento pelos prêmios individuais, mas todos merecem um pedacinho deles. Desde o começo da temporada tenho falado da confiança que temos uns nos outros, por isso o título e os prêmios são de todos! Estou muito feliz, alcançamos nosso meu primeiro objetivo, que era a Copa da Polônia, mas amanhã temos que desligar da festa e focar no que vem pela frente – comentou Lipe.

– Fiquei muito sensibilizado com a tragédia que aconteceu no Rio Grande do Sul. Apesar da minha felicidade pelo título, mando meu mais carinhoso abraço às famílias e dedico essa conquista a eles. Que tenham força para superar esse momento de dor e muita tristeza – disse o ponta, bicampeão europeu de clubes (2004/2003), que atuou pelo carioca RJX na última edição da Superliga.



Enea Copa da Polônia 2012/13 - FINAL

ZAKSA Kędzierzyn-Koźle 3x1 Asseco Resovia Rzeszów (19:25, 25:18, 25:21, 25:23)

Equipes
ZAKSA Kędzierzyn-Koźle: Witczak, Zagumny, Gladyr, Wiśniewski, Ruciak, Fonteles, Gacek (L) Entraram: Mineiro, Rouzier, Kapelus, Możdżonek, Pilarz

Asseco Resovia Rzeszów: Lotman, Nowakowski, Tichacek, Kosok, Achrem, Bartman, Ignaczak (L) Entraram: Perłowski, Schöps, Dobrowolski, Kovacević


Prêmios Individuais:

MVP: Felipe Fonteles (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)
Melhor Sacador: Michal Ruciak (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)
Melhor Receptor: Piotr Gacek (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)
Melhor Defensor: Krzysztof Ignaczak (Asseco Resovia)
Melhor Bloqueador: Lucas Wisniewski (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)
Melhor Atacante: Felipe Fonteles (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)
Melhor Levantador: Pawel Zagumny (Zaksa Kędzierzyn-Koźle)

Por Onde Anda: o Ex-Oposto Boi

O Ex-Atleta Everton Fagundes, o Boi deu no inicio desse mês, uma entrevista ao Blog Total Vôlei MT onde nela fala sobre sua carreira, conquistas, sonhos e também sobre a atual situação do Vôlei Mato-Grossense onde teceu algumas criticas.

Para quem não conheceu o Oposto Boi, Ele era conhecido pelo seu vigor físico, motivo do seu apelido conquistado ainda na adolescência e também por fazer muitos pontos, foi o maior pontuador da Superliga em quatro temporadas (2000/1, 2001/2 ,2002/3 e 2006/7).

Começou sua Carreira no Minas Tênis Clube e teve passagens destacada por Intelbrás/São José e Vôlei Futuro também fez sucesso no exterior com passagens por Japão e Espanha, encerrou sua carreira em seu estado pelo Cuiabá Vôlei Clube na Superliga 2009/10 . Hoje, Vive com a família em Varzea Grande/MT.


Entrevista Completa do Ex-Jogador Everton Fagundes, o Boi,  Aqui, abaixo está somente boa parte da entrevista.


Total Vôlei MT: De onde veio o apelido "Boi"?

R: Esse apelido veio desde quando eu tinha 14 anos recém chegado em Minas Gerais para jogar no Minas Tênis Clube , como eu sou de Mato Grosso e tinha força física superior aos atletas da minha idade, logo o técnico da equipe adulta Carlos Alberto Castanheira (Cebola) já me chamou para integrar a equipe adulta do Fiat/Minas e meus companheiros de equipe começaram primeiramente a me chamar de bezerro e com o passar do tempo passei de bezerro para boi. um apelido super carinhoso que aceitei sem reclamar,e hj todos me conhecem como boi.

Total Vôlei MT: Fale sobre sua carreira no voleibol tanto mato grossense quanto nacional/internacional?

R: Comecei jogando no Colégio Adventista em Várzea Grande aos 11 e como já tinha estatura elevada em relação aos outros meninos do time chamei a a atenção do atual presidente da Federação Mato Grossense de Vôlei o professor Nicanor Lopes que me levou para treinar no Colégio Notre Dame de Lurdes em Cuiabá/MT onde passei treinando um ano e meio participando de diversas competições regionais e nacionais da categoria e chegando a tão almejada Seleção de Mato Grosso que na época era motivo de orgulho e dedicação.

Esse foi o trampolim para aos 14 anos sair em busca de novos objetivos. passei por várias equipes aqui no brasil como o Fiat/Minas, Report/Suzano, Palmeiras/Parmalat, Coop/Santo André, Intélbrás/São José, São Caetano/Tamoyo, e Vôlei Futuro e também no exterior como Numacia/Caja Duero na Espanha, Ciclistas da Argentina, NEC do Japão e também tive passagem pelas Seleções brasileiras de base infanto-juvenil e juvenil onde me sagrei campeão sul-americano no Paraguai, campeão mundial em San Juan, porto rico e uma pequena passagem pela Seleção brasileira adulta.

Total Vôlei MT: Qual sua maior conquista?

R: Tive várias conquistas durante minha carreira voleibolista entre elas o Mundial, Superliga, Campeonatos paulistas, Sul-americanos, Campeonatos mineiros, Brasileiros de seleção pela seleção paulista e mineira, Copas são paulo, Torneios internacionais enfim uma gama de títulos e conquistas maravilhosas. Mas a minha maior conquista se chama Valentine Christofoletti Estevam Fagundes, minha filha.

Total Vôlei MT: Qual seu maior sonho?

R: Meu maior sonho dentro de esporte eu consegui, que era ser reconhecido como um atleta de alto nível e alta performance e ser respeitado entre os grandes desse esporte. consegui ser um jogador que outras equipes tinham que fazer uma marcação especial.

e consegui jogar ao lado de grandes nomes como Giovane Gávio, Mauricio, Tande, Paulão, Carlão, Giba, Rodrigão, Dante, Bruninho,Marcelo Negrão entre outros grandes do vôlei. mas o meu maior sonho é ver minha filha crescendo bem, com saúde e feliz.


Total Vôlei MT: Na sua opinião, O vôlei mato grossense necessita de que para evoluir a nível nacional?

R: Precisamos primeiramente que os governos tanto estadual como municipal ou a iniciativa privada invista e veja o vôlei como um instrumento para promover a socialização, saúde, saúde mental e formação de bons cidadãos. a partir desse princípio criar núcleos em diferentes partes da cidade e do estado e no frente desses núcleos profissionais altamente qualificados, capazes e comum boa remuneração para desenvolver um trabalho de lapidação de jovens talentos.


Total Vôlei MT: Você tem alguma critica ao vôlei de mato grosso, se sim, discorra sobre ela?

R: Trocamos o presidente da república de 4 em 4 anos e com direito a uma reeleição,o processo de escolha do presidente da república é através dos votos de todos os cidadão a partir de 16 anos interessados num país melhor. Porque a Federação Mato Grossense de Vôlei não pode ser assim também? Porque a não renovação das pessoas que estão a frente da Federação Mato Grossense de Vôlei? 

Sou a favor da troca de comando da federação que tem como atual presidente o professor Nicanor Lopes que foi meu primeiro técnico, tenho uma boa relação com Nicanor Lopes mas acho que ele pode fazer muito mais pelo vôlei estadual, o que ele acha que está fazendo muito pelo vôlei na minha opinião ele não faz nem 20% do que pode fazer. Ele está numa zona de conforto sem ninguém pra ameaçar seu trono. é um grande sacrilégio não ter nenhuma etapa de vôlei de praia organizada pela federação mato grossense tanto no masculino e tanto no feminino, um campeonato estadual com 3 times participando,uma copa mato grosso com 6 times e como nível muito abaixo de edições anteriores. acho muito importante para a sociedade e para os atletas regional ver de perto grandes ídolos do vôlei de praia e de quadra nesses eventos que a federação com o apoio do governo do estado trazem pra cá, o dinheiro investido é alto, que tal investir um pouquinho desse dinheiro em competições organizadas para nossos atletas é isso que eu acho que o Nicanor esta deixando a desejar. 

Ele tem o projeto social Vôlei Kids que é um projeto maravilhoso apoiado pelo Criança Esperança que atende mais de 600 crianças em situação de risco isso é louvável, mas estamos falando de formação de atletas de alto rendimento de campeonatos bem organizados, de uma federação transparente de movimentação e popularização do vôlei dentro do nosso estado o Nicanor não pode e não deve usar o Vôlei Kids como argumento para a não realização de campeonatos organizados e para o descaso que está o vôlei adulto do estado do mato grosso. no nortão eles se organizaram criaram uma instituição alternativa que promove vários campeonatos naquela região. bom pra finalizar acho que devemos cobrar mais competições da federação, melhores valores em premiação no vôlei de praia e transparência da administração se isso não ocorrer acho que devemos nos organizar e criar uma instituição paralela para buscar apoio e promover mais campeonatos campeonatos em nosso estado...


Pequena Biografia

Nome: Everton Fagundes Pereira Da Conceição
Data de Nascimento: 21/06/79 (33 anos)
Posição: Oposto
Altura: 1,97m

Sua Carreira 

Equipes

1994 a 1997 - Minas Tênis Clube (Divisões de Base)
1997/98 - Report/Suzano
1998/99 - Report/Suzano
1999- Coop/Santo Andre
1999- Palmeiras
2000/01 - Intelbrás/São Jose
2001/02 - Intelbrás/São Jose
2002/03 - Intelbrás/São Jose
2003/04 - Numancia/Caja Duero (Espanha)
2004 - Vôlei de Praia
2005/06- São Caetano/Tamoyo
2006/07- Vôlei Futuro/Araçatuba
2007/08- Nec Blue Rockets (Japão)
2008/09 - Club Ciclista Olímpico La Banda (Argentina)
2009/10 - Cuiabá Vôlei Clube

Títulos

Fiat/Minas
1995- Campeonato Mineiro (Adulto).
1996- Campeonato Mineiro (Adulto).

Report/Suzano
1997- Campeonato Paulista (Juvenil e Adulto), Copa São Paulo e Jogos Aberto Do Interior
1998- Campeonato Paulista (Juvenil e Adulto) e Jogos Aberto Do Interior.

Intelbrás/São José
2000- Campeonato Catarinense.

Vôlei Futuro
2006- Liga Nacional.

Nec Blue Rockets (Japão)
2007/2008 - Copa Do Imperador.

Seleção Brasileira.
1995 - Campeonato Mundial (Infanto-Juvenil)
1996 - Campeonato Sul-Americano (Juvenil)

Conquistas Individuais

2000/01 - Maior pontuador da fase classificatória da Superliga: 489 pontos.
2001/02 - Maior pontuador da fase classificatória da Superliga: 501 pontos.
2002/03 -  Maior pontuador da fase classificatória da Superliga: 473 pontos.
2006/07 -  Maior pontuador da fase classificatória da Superliga: 513 pontos.
2007/2008 - Terceiro maior pontuador da Liga Japonesa: 647 pontos

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Champions League - Resultados.


Jogos de Ida - Playoffs 12:

Berlin Recycling Volleys 2 x 3 Zenit Kazan (25/27, 25/23, 25/17, 16/25 e 16/18) - Estatísticas
Maior Pontuador - Paul Carroll (Berlin) 24 pontos.

Dinamo Moscou 3 x 2 Trentino Diatec (25/21, 25/23, 20/25, 17/25 e 15/12) - Estatísticas
Maior Pontuador - Pavel Kruglov (Dinamo Moscou) 27 pontos.

Zaksa Kedzierzyn-Kozle 3 x 0 Noliko Maaseik (25/16, 29/27 e 27/25) - Estatísticas
Maiores Pontuadores - "Lipe" Fonteles (Zaksa) e Hermans Egleskalns (Noliko Maaseik) 17 pontos

Arkas Izmir 1 x 3 PGE Skra Belchatow (22/25, 25/23, 20/25 e 15/25) - Estatísticas
Maior Pontuador - Aleksandar Atanasijevic (PGE Skra Belchatow) 25 pontos.

Asseco Resovia Rzeszow 0 x 3 Cucine Lube Banca Marche Macerata (23/25, 24/26 e 19/25) - Estatísticas
Maiores Pontuadores - Jochen Schops ( Resovia Rzeszow) e Ivan Zaytsev (Macerata) 16 pontos.

ACH Volley Ljubljana 0 x 3 Bre Banca Lannutti Cuneo (23/25, 17/25 e 23/25) - Estatísticas
Maior Pontuador - Tsvetan Sokolov (Cuneo) 21 pontos.


Jogos de Volta - Playoffs 12:
(Em Verde, Os Classificados)
Zenit Kazan 3x2 Berlin Recycling Volleys (25/15, 21/25, 28/30, 25/13 e 16/14) - Estatísticas
Maior Pontuador: Robert Kromm (Berlin Recycling Volleys) com 25 Pontos

Trentino Diatec 3x0 Dinamo Moscou (25/17, 25/18, e 25/12) Golden Set: 12/15 - Estatísticas
Maior Pontuador: Osmany Juantorena (Trentino Diatec)  com 16 Pontos

Noliko Maaseik 2x3 Zaksa Kedzierzyn-Kozle (25/22, 18/25, 25/18, 31/33 e 13/15) - Estatísticas
Maior Pontuador: Nathan Wounembaina (Noliko Maaseik) com 17 Pontos

PGE Skra Belchatow 2x3 Arkas Izmir (14/25, 25/21, 22/25, 25/18 e 18/20) Golden Set: 12/15 - Estatísticas
Maior Pontuador: Liberman Agamez (Arkas Izmir) com 30 Pontos 

Lube Banca Marche Macerata 3x1 Asseco Resovia Rzeszow (25/23, 25/18, 23/25 e 25/18) - Estatísticas
Maior Pontuador: Ivan Zaytsev (Lube Banca Marche Macerata) com 18 Pontos

Bre Banca Lannutti Cuneo 3x0 ACH Volley Ljubljana (25/16, 25/21, 24/26 e 25/16) - Estatísticas
Maior Pontuador: Tsvetan Sokolov (Bre Banca Lannutti Cuneo)  com 25 Pontos 

Playoffs 6

Zenit Kazan (RUS) x Dinamo Moscou (RUS)

Zaksa Kedzierzyn-Kozle (POL) x Arkas Izmir (TUR)

Bre Banca Lannutti Cuneo (ITA) x Lube Banca Marche Macerata (ITA)


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

No Bahrein, Ponteiro Piá mal chegou e já foi campeão.

Brasileiro Piá (Nº 15) erguendo o Troféu da Copa Balteco (ou Copa do Bahrein)
Após sua saída da Romênia, O ponteiro brasileiro Silmar Almeida, o Piá (Ex-Vôlei Futuro) acertou contrato com Muharraq Club e já chegou conquistando um titulo. No Primeiro dia do ano, Foi realizada a final da Balteco Copa do Bahrein entre Muharraq e Darkulaib com a equipe do brasileiro vencendo por 3 sets a 2 com parciais de 10/25, 23/25, 25/22, 25/23 e 15/12.

Sobre a Final, O brasileiro Piá foi fundamental na partida, Após sua entrada no segundo set, a equipe cresceu muito pois com ataques potentes e uma recepção segura mudou a cara do time sendo o principal  responsável pela virada da sua equipe e para coroar sua excelente partida, fez o ponto do titulo.

Melhores Momentos da Final (Clique Aqui)

Ponteiro Piá e sua Esposa Gravida .

Informações sobre o Campeonato do Bahrein : https://www.facebook.com/Bahrainvolley
Informações sobre Al-Muharraq Club: https://www.facebook.com/pages/Muharraq-Club-Offical-Website/152913324759898

Dois brasileiros jogando na gelada República Tcheca.

(Arquivo Pessoal) Evandro e Guilherme no Inverno Europeu.
Na Temporada 2012/13, Dois Brasileiros se aventuram  na pequena cidade de Odolena Voda onde jogam pelo clube local, o AERO Odolena Voda.

O Ponteiro/Oposto Evandro Dias (Ex-Rio Claro) chegou primeiro ao clube há quatro meses atrás, no inicio de outubro e vem se destacando na equipe apesar das derrotas.

Para o segundo turno, A equipe trouxe outro brasileiro, o ponteiro Guilherme "Mineiro" (Ex-UFJF e São José dos Campos) e amigo pessoal de Evandro desde os tempos de UCS/Caxias do Sul onde jogaram junto na Superliga de 2006/7.

Com a Chegada de Guilherme, A equipe, que se encontra na parte de baixo da tabela, vem melhorando conseguiu fazer um jogo duro contra o atual líder do campeonato Tcheco, o VK Dukla Liberec, perdendo por 3 sets a 2 e conseguiu uma vitoria na ultima rodada por 3 sets a 2.

Últimos Três Jogos da equipe:
05/1 - VK Dukla Liberec - AERO Odolena Voda 3:2
12/1 - AERO Odolena Voda - SKV Havířov 2:3
19/1 - SK Volejbal Ústí nad Labem vs. AERO Odolena Voda 2:3


Entrevista do Evandro ao site da equipe (Link em Tcheco)
Entrevista do Guilherme ao site da equipe (Link em Tcheco)


Mais Informações sobre o Campeonato Tcheco, A Extraliga: http://www.cvf.cz/souteze.php?action=skupina&id=4256 

Videos dos Jogos da Extraliga: http://volejbal.tvcom.cz/

Mais Informações do Clube dos Brasileiros: Facebook/Site Oficial

sábado, 19 de janeiro de 2013

Ex-Montes Claros chega a Europa para tentar reerguer tradicional equipe austríaca

Ricardo Serafim (Nº 15) na apresentação oficial.

Uma vitória em 14 jogos. Este foi o saldo da hotVolleys Wien após o primeira turno da Liga austríaca (AVL).

Passando por graves problemas financeiros desde o final de 2011, A tradicional equipe de Viena teve que apostar em uma equipe jovem e esse foi resultado, um amargo ultimo lugar ao fim do primeiro turno.

Agora com a chegada de fortes patrocinadores, A Equipe quer recuperar as glorias do passado (Em 2000, o hotVolleys foi ao Final Four da Liga dos Campeões) e para isso a equipe trouxe seis jogadores:

O Ponteiro brasileiro Ricardo Serafim (Ex-Montes Claros e que já havia jogado no Hotvolleys na temporada 2006/7), o Levantador cubano Maikel Salas, que jogou em vários clubes italianos e foi medalha de prata com Cuba no Inesquecível Pan de Santo Domingo em 2003, também trouxe o lendário central Richard Nemec e outros como Simon Frühbauer, Matthias Kienbauer e Robert Szczerbaniuk.

A equipe do brasileiro Serafim já jogou duas vezes esse ano pelo Campeonato Austríaco e venceu as duas:

12/1 - hotVolleys Wien - VBK Klagenfurt 3:1 (25:18, 20:25, 25:13, 25:10)
19/1 - hotVolleys Wien - Gleisdorf/Weiz. 3-0 (25:18, 25:21, 25:13)

OBS: Vale ressaltar que pela má temporada no inicio, a equipe está disputando, agora, uma fase só com a parte de baixo da tabela onde só os dois melhores vão para os playoffs finais.

Fonte: Laola1
Informações do Clube: Facebook/Site Oficial
Informações da Liga Austríaca:  http://www.volleynet.at/

CUBA: Mais um passo rumo a liberdade!


Uma lei migratória que permite aos cubanos, pela primeira vez em meio século, viajar ao exterior sem pedir permissão ao governo, entrou em vigor nesta segunda-feira em Cuba em meio a grandes expectativas da população e ao ceticismo dos dissidentes.

A lei, em vigor desde as 00h00 locais (03h00 de Brasília) desta segunda-feira (14/1), estabelece que agora todos os cubanos podem viajar para fora do país se tiverem um passaporte válido, já que deixaram de ser necessários o visto de saída, ou "cartão branco", e a carta de convite de alguém do exterior.

"Com a entrada em vigor hoje da atualização de sua política migratória, Cuba deu mais um passo para fazer com que os movimentos migratórios ocorram de forma legal, ordenada e segura", disse nesta segunda-feira o jornal oficial Granma.


A lei migratória é uma das mais revolucionárias reformas introduzidas pelo presidente Raúl Castro desde que substituiu no comando seu irmão doente Fidel, que impôs restrições para sair da ilha em 1961, em meio a grandes tensões com os Estados Unidos, no auge da Guerra Fria.

A reforma também beneficia quase dois milhões de emigrados cubanos, que já não terão que passar por longos trâmites para visitar Cuba, incluindo os atletas e profissionais que desertaram em giros ao exterior ou que escaparam da ilha.

Estrelas esportivas de Cuba ainda não terão liberdade de viajar
"Os profissionais que são considerados essenciais, técnicos, atletas, e (Partido Comunista) funcionários e líderes" foram informados de que eles ainda enfrentam restrições sobre as viagens ao exterior, disse Lamberto Fraga, o vice-chefe de Imigração e Nacionalidade, Eles vão precisar de uma autorização especial.

"Este grupo de pessoas vai ser dito porque eles não podem deixar o país, e eles provavelmente entendem que eles são essenciais, o que deve manter-se de ir buscar um passaporte, a menos que tenham autorização" para viajar ao exterior, Fraga disse na televisão estatal.

O governo justifica estas restrições afirmando que os EUA e Europa propiciam há décadas a fuga de cérebros e deserções de astros do esporte da única nação comunista do Ocidente, que é uma potência esportiva regional e que alcançou a 16ª posição no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Londres, o melhor resultado da América Latina e do Caribe.
Nos últimos anos, mais de 30 atletas de elite desertaram durante torneios no exterior ou escaparam da ilha, entre eles o campeão de boxe Guillermo Rigondeaux, além de vários jogadores de beisebol, vôlei e basquete.
Fonte: Volleywood/Carta Capital/Istoé/France24

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Cirurgia no joelho da cubana Herrera está marcada para domingo



A cirurgia da cubana Herrera, que aconteceria na próxima segunda-feira (21), foi antecipada para este domingo (20). A atacante e maior pontuadora do Praia Clube na Superliga, com 154 pontos, será operada ás 8h pelo médico Daniel Barros.

A atleta rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo na partida contra o Campinas, fora de casa, no dia 21 de dezembro. Desde então, ela passa por exercícios de fisioterapia para manter o preparo físico e condicionamento da musculatura. “Não estou nervosa, pois muitos me disseram que é uma cirurgia tranquila. No início fiquei triste, mas minha família e as colegas da equipe me deram força”, disse.

A expectativa da equipe de fisioterapia do Praia é que a jogadora fique afastada por cinco meses para se recuperar a tempo para disputar as semifinais da competição, caso a equipe se classifique para esta fase.

Fonte: Correio de Uberlândia

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

NCAA: Equipe de Brasileiros surpreende na estreia.


O Primeiro Jogo de Conferencia na vida da Equipe de Vôlei Masculino da Universidade de California Baptist vai entrar para a historia. Na ultima quarta-feira a noite, Os "Lancers" derrotaram os atuais campeões da NCAA e favoritos ao titulo esse ano, UC Irvine, em um jogo de cinco sets com uma virada surpreendente.

Depois de estar perdendo por 2 sets a 0, a equipe dos brasileiros Levi Cabral e Guilherme Koepp ressurgiu das cinzas e virou de maneira espetacular o jogo, 3 sets a 2 (22-25, 19-25, 25-16, 25-22, 15-13), abrindo as portas para uma barulhenta celebração da torcida local no ginásio.

Koepp liderou a equipe da casa na noite, fazendo 21 pontos, enquanto McCalmont acrescentou 18 e Levi Cabral fez 17. Pelo Lado de UC Irvine, Jeremy Dejno fez 21 pontos e o Frances Kevin Tillie, 15.

A equipe de de California Baptist volta a quadra hoje as 7 horas (Horário Local) em San Diego e depois viaja para Irvine,CA onde terá mais dois jogos no final de semana..

Mais Informações: CBU Lancers - Men's Volleyball

Central Léo Villachã reforça São Caetano na Superliga B

Jogando pelo Santo André na primeira edição da Superliga B em 2012 (Divulgação/7mais7)
O São Caetano contratou um importante reforço para a Superliga B de Vôlei, que tem início nesta sexta-feira. O meio de rede Leonardo Villachã de 21 anos de idade e 2,04, ex-Vivo/Minas e Sada Cruzeiro, e com expressiva passagem pela seleção brasileira infanto-juvenil, irá defender o clube do ABC na competição.

“São Caetano tem tradição no voleibol brasileiro e o objetivo é lutar para recolocar o time na divisão de elite. Estou bastante motivado e espero ajudar a equipe a alcançar esse objetivo”, declarou o o central, que disputou a edição 2012 da Superliga B com a camisa de Santo André.

Anfitrião do primeiro circuito, time do ABC estreia nesta sexta-feira diante do Foz do Iguaçu

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Mais um Brasileiro na Romênia.

Paulo Anchieta quando jogava na Itália
Aurel Vlaicu, Novo Treinador do Remat Zalau, trouxe mais um brasileiro após a contratação do levantador Marcos Cavalari.

Paulo Anchieta Veloso Pinto, de 36 anos, que joga como ponteiro esteve sem clube desde sua saída do Montes Claros. Ao longo de sua carreira, o brasileiro já jogou em países como Espanha, Itália  Russia e Polonia além de equipes brasileiras como Telemig/Minas (Atual Vivo/Minas).

Os Dirigentes Romenos estão confiantes de que os próximos brasileiros no clube possam substituir a altura o vazio deixado pelas saídas de Robinson Dvonaren, o Bob e Silmar Antonio de Almeida, o Piá.

Os novos contratados já vem treinando com a equipe mas só poderão estrear oficialmente neste final de semana devido a demora da regularização de seus contratos junto a CBV.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Jogadores do Vivo/Minas em Campanha contra a dengue




Campanha da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

O vídeo reforça a importância da mobilização e conscientização de toda a sociedade em prol do combate a dengue. A equipe de Vôlei do Vivo/Minas já aderiu a luta e agora contamos com todos os mineiros para juntos eliminarmos os focos da dengue! É hora de todo mundo agir!

São José Vôlei apresentou seu elenco oficialmente hoje.

Apresentação do Time de Vôlei de São José, com a palavra o Secretário de Esporte, João Bosco.
Campeão da Liga Nacional em 2012, o São José Vôlei apresentou hoje o time que vai disputar a edição 2013 da Superliga B. A equipe do técnico Reinaldo Bacilieri quer iniciar uma nova fase do esporte na cidade e, em 2014, figurar entre as principais forças do vôlei no país. Os atletas participaram de uma entrevista coletiva no Polo Hotel, no Jardim Osvaldo Cruz.

Atualmente, o Vale do Paraíba já conta com um representante na Superliga Nacional, o Funvic de Pindamonhangaba, que tem o renomado Ricardo Navajas como coordenador.

A estreia no torneio será nesta sexta-feira, às 18h, em São Caetano do Sul, contra o Olympico de Belo Horizonte-MG.

Expectativa
Do time campeão da Liga Nacional no ano passado, em Chapecó-SC, alguns nomes deixaram o time, como o experiente Everton, que foi para o Iraque. Porém, outros nomes vieram para compor o elenco.

“Conseguimos manter uma base forte e ainda trouxemos cinco ou seis jogadores novo. Nossa meta neste início é ir por etapas. Primeiro, vamos tentar se classificar para as semifinais. E, aí sim, pensar na final”, disse Bacilieri.

Segundo o treinador joseense, o trabalho tem sido pesado desde o ano passado.

“Estamos nos preparando desde o final dos Jogos Abertos (do Interior, em Bauru, quando o time joseense foi campeão). Inclusive nos finais de semana de Natal e Ano Novo, tivemos treinos”, afirmou.

Atletas como o central Rodolpho, ex-Sada/Cruzeiro, o também central Sílvio Satiro e o ponteiro Denis Cabral estão entre os principais nomes do time.

O torneio
A Superliga B é dividida em dois grupos de quatro times, que se enfrentam dentro da própria chave. Cada rodada do torneio será disputada na sede de uma das equipes, dividida em Grand Prix. Ao final dessas três rodadas, os dois melhores de cada chave avançam para a semifinal do torneio.A final da Superliga B será disputada em jogo único e apenas o campeão tem vaga garantida na elite em 2014.

No Grupo B, A primeira rodada será disputada em São Caetano do Sul - o São José ainda enfrenta o do no da casa no sábado e o Foz do Iguaçu-PR, no domingo. Todos os jogos serão no ginásio Lauro Gomes. 

Em São José dos Campos, os jogos serão no ginásio do Sesi, no Bosque dos Eucaliptos, com entrada franca, entre os dias 25 e 27 de janeiro.


O São José Vôlei na Superliga B - Grupo B

Primeira rodada (jogos em São Caetano do Sul)
18/1 - São José x Olympico (18h)
19/1 - São José x S. Caetano (19h)
20/1 - São José x Foz (10h)

Segunda Rodada (em São José, no ginásio do Sesi)
25/1 - São José x Foz (19h)
26/1 - São José x S. Caetano (18h)
27/1 - São José x Olympico (12h)

Terceira Rodada (em Belo Horizonte)
15/2 - São José x S. Caetano (16h)
16/2 - São José x Foz (12h)
17/2 - São José x Olympico (14h)

Quarta rodada (em Foz do Iguaçu)
1/3 - São José x Olympico (18h)
2/3 - S. Caetano x São José (17h)
3/3 - Foz x São José (12h)

Elenco do São José Vôlei
2- Rodolpho (meio)
3 -Satiro (meio)
5 - Edson (ponteiro)
6 - Pedrinho (levantador)
7 - Lenny (oposto)
8 - Alan (oposto)
9 - Marquinho (líbero)
10 - Evinho (ponteiro)
11 - Rodrigo (ponteiro)
12 - Renan (meio)
13 - Galego (meio)
15 - Túlio (líbero)
16 - Pedro (levantador)
17 - Dênis (ponteiro)
18 - Jean (oposto)

Fonte: JornalOVale

Champions League Masculina chega aos Playoffs


Depois de uma disputada fase de grupos, 13 equipes continuam na briga pelo titulo da Champions League. Uma já está garantida no Final Four que é o Lokomotiv Novosibirsk que sediará a fase final em Omsk na Russia. As outras doze equipes terão que buscar sua vaga no Final Four através dos Playoffs que começam hoje com quatro jogos.


15/1 e 23/1 - Arkas IZMIR (TUR) x PGE Skra BELCHATOW (POL)

15/1 e 23/1 - Asseco Resovia RZESZOW (POL) x Lube Banca Marche MACERATA (ITA)

15/1 e 22/1 - ACH Volley LJUBLJANA (ESL) x Bre Banca Lannutti CUNEO (ITA)

15/1 e 23/1 - Dinamo MOSCOW (RUS) x TRENTINO Diatec (ITA)

16/1 e 22/1 - Zaksa KEDZIERZYN-KOZLE (POL) x Noliko MAASEIK (BEL)

16/1 e 22/1 - BERLIN Recycling Volleys (ALE) x Zenit KAZAN (RUS)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Em entrevista, Zé Roberto destaca o papel dos patrocinadores na evolução do vôlei.


O Brasil tem um tricampeão olímpico: José Roberto Guimarães, vencedor em Barcelona (1992, com a seleção masculina), Pequim (2008) e Londres (2012), com a equipe feminina. Zé Roberto, como é conhecido, treina o Vôlei Amil, da região de Campinas (SP), e, em maio, inicia os trabalhos para buscar o ouro da Rio 2016 com a seleção. Eleito melhor técnico de esportes coletivos pelo Prêmio Brasil Olímpico em dezembro, ele destaca o papel dos patrocinadores na evolução do vôlei, o que fica claro pelos resultados obtidos no mundo nos últimos anos.

Leia a Entrevista na Integrahttp://www.meioemensagem.com.br/home/gente/sapo_de_fora/2013/01/14/Sem-patrocinio-nao-teriamos-o-volei-de-hoje.html#ixzz2Hzd3WeyS

domingo, 13 de janeiro de 2013

Superliga B: Clubes trazem seus últimos Reforços.

Monte Cristo
A equipe goiana trouxe um pacotão de reforços para a Superliga B:
o Experiente Oposto Cristiano Ferreira de 29 anos que entre tantos lugares já jogou na Hungria, Portugal, Chipre e em Israel, o também experiente Ponteiro Danilo Santos, Ex-Amavolei/Maringá, o Libero Paulo Denis, Ex-Politécnica/UTC e o oposto Rodrigo Martiny, Ex- Clube do Remo que recentemente esteve no Blumenau/Barão do Rio Branco além de outros três jogadores como o jovem ponteiro Douglas, Ex-Itapeva e o Oposto Angelo, Ex-Palmeiras/Jacarei.


Olympico/Mart Minas/Uptime
Depois de ter trazido um Reforço de Peso (O oposto Alemão do Sada/Cruzeiro) para a competição, Havia a promessa da chegada de outro grande jogador e ele chegou. É o Central Silêncio, Ex-Montes Claros, que chega na equipe, que é base da Seleção Juvenil, para ser a experiencia em quadra já que será o Mais velho (29 anos) e o mais rodado tendo jogado em equipes como Pinheiros e Caxias do Sul. A equipe também trouxe por empréstimo o Central Flavio Gualberto do Vivo/Minas e titular da seleção juvenil brasileira.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Argentino Julio Velasco renova com a Seleção Iraniana

Argentine volleyball coach Julio Velasco (file photo)

Treinador argentino de 60 anos, Julio Velasco chegou na quarta-feira no Irã para conversações com os dirigentes da República Islâmica de Voleibol do Irã (IRIVF). Ele fechou a um acordo de renovação de seu contrato por mais dois anos.

Sob o comando de Velasco, A Seleção Iraniana ganhou seu primeiro Campeonato Asiático de Voleibol em 2011  e se classificou para Copa do Mundo (World Cup) de 2011, terminando em nono lugar.

Acidente Caseiro afasta Lucas Lóh do Vivo/Minas.


Na Reapresentação do Elenco do Vivo/Minas, Uma Surpresa: O ponteiro Lucas Lóh se apresentou com um olho roxo. Ele sofreu uma queda e bateu com o rosto. Quebrou dois dentes, além de exibir um grande hematoma. (Texto extraído do Estado de Minas/Superesportes - 10/1)

Não tenho nenhum conhecimento da gravidade da lesão mas ele que vinha sendo titular não foi relacionado na ultima partida do Vivo/Minas contra o Vôlei Futuro dando lugar ao Ponteiro Samuel e mais tarde ao Ponteiro Quiroga que deve se tornar titular absoluto quando estiver 100%.

Chico Dos Santos fora da Seleção Peruana

Chico dos santos

José Francisco ‘Chico’ Dos Santos já não é mais o treinador da Seleção Feminina do Peru.  Não se renovou o contrato do brasileiro para continuar com o trabalho da seleção. Entre Criticas e Elogios, A pífia campanha no Pan-Americano 2012 apenas um sétimo lugar e consequentemente ter ficado de fora do Grand-Prix foram um dos motivos para essa precoce saída. (Errata: Chico dos Santos não comandou a equipe, na ocasião, e sim no Pan-Americano Sub-23 onde a seleção peruana terminou em quarto lugar).

Quem chega para substituir o brasileiro é Hong Sung-Jin, Ex-Assistente Técnico da Coreia do Sul (Quarto Lugar nas Olimpíadas de Londres) e toda sua comissão técnica que terá como meta principal levar a equipe peruana para o Mundial 2014 na Itália. Curiosamente, Essa é a segunda vez que Chico dos Santos sai do comando da seleção peruana para a chegada de um coreano.

Este ano 2013 é um ano muito importante para o Peru, É o ano do Sul-Americano, a Copa Pan-americana para poder voltar ao World Grand Prix, e o Pre-Mundial. Peru necessita ir bem nessas competições  para poder somar pontos no Ranking e começar bem neste inicio de ciclo olímpico, Rio 2016.

Surge uma equipe feminina adulta em Passo Fundo: a UPF/BSBios


A data de 10 de janeiro de 2013 ficará marcada na história do esporte de Passo Fundo, a capital do planalto médio volta a contar com uma equipe feminina de voleibol adulto. Uma parceria foi firmada nesta manhã entre a indústria de biodiesel BSBIOS, a Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Associação Esportiva e Recreativa Voleibol Passo Fundo. A nova equipe, denominada UPF/BSBIOS, será treinada pelo especialista em treinamento esportivo professor Gilberto Bellaver.

O time iniciará os treinamentos em meados de fevereiro e disputará em 2013 o campeonato estadual, além de competições municipal, interestadual e nacional. A BSBIOS ingressará com aporte financeiro a equipe, enquanto a UPF fará o suporte as atletas, por meio da concessão de 15 bolsas de estudo para os próximos três anos, cedência do ginásio de esportes da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia para treinamento do time e disponibilização do material de apoio necessário ao treino.

“A BSBIOS se sente honrada em participar desta parceria diferenciada que valoriza os talentos de atletas que estão sendo formados em Passo Fundo e na região. Este é um modelo que deve ser replicado também para outras atividades esportivas,” frisou o diretor presidente da companhia Erasmo Carlos Battistella. “A UPF sempre apoiou o esporte e, com essa parceria estamos ampliando as nossas ações. Para nós é uma satisfação estar junto com a BSBIOS partilhando o nome da equipe, ainda mais neste ano em que a universidade completa 45 anos,” afirmou o reitor José Carlos Carles de Souza.

A equipe tem por objetivo reter as atletas formadas nas categorias de base através do projeto Sacada Inteligente, desenvolvido pelo Colégio Notre Dame e pela Associação, e que conta com o apoio do campeão olímpico Gustavo Endres. A BSBIOS também estará junto com o time infanto juvenil, que será denominado Notre Dame/BSBIOS. “O esporte tem uma função muito grande na sociedade, ele é uma forma de prender a atenção, principalmente, dos nossos jovens fazendo com que se ocupem de forma sadia e os desenvolvendo como cidadãos”, pontou o empresário. “A função básica dessa equipe é fazer com que as meninas que foram formadas não precisem sair mais de nossa cidade em função de outros projetos esportivos, e que Passo Fundo possa colher os frutos dessas categorias de base, dando continuidade ao ciclo iniciado há seis anos”, contou Bellaver.

Fonte: DiariodaManhã

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Sul-Americano de Clubes Masculino deverá ser na Venezuela

Sada/Cruzeiro campeão Sul-Americano de 2012
Peru no Feminino e Venezuela no Masculino foram as sedes escolhidas preliminarmente pela Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV) que ainda se reunirá esse mês para oficializar as datas (Deve acontecer no fim de abril ou no inicio de maio), a forma de disputa, quantidade de participantes, locais e etc.

Na expectativa da oficialização da competição está o Hurricanes de Bolivar, Clube Venezuelano que deseja um convite para a competição como representante do Pais-Sede para ratificar o grande investimento feito na equipe para a próxima temporada que contará com jogadores como o Central Freddy Cedeño, o Ponteiro Luis Diaz, o Oposto Harry Gomez e o Levantador Rodman Valera.

Há uma possibilidade de que nos concedam uma vaga para ser o wildcard do evento”, disse Michelle Massimo, Supervisor do Huracanes de Bolivar.

A Venezuela já tem um participante garantido que os Vikingos de Miranda do Oposto Thomaz Ereu que teve uma campanha surpreendente em 2012 onde derrotou o poderoso Hurricanes de Bolivar nas semifinais da Liga Venezuelana e mais tarde se sagrou campeão garantindo a vaga para o Sul-Americano de Clubes.

Esse Ano de 2013 vem sendo considerado como o ano da Consolidação da Liga Venezuelana pois contará com os melhores jogadores nacionais com uma exceção ou outro e ainda uma grande novidade, a liga que era restrita a jogadores locais não é mais cada clube poderá contratar até dois estrangeiros abrindo mais um mercado para jogadores brasileiros e argentinos.

O Mundial de Clubes tanto masculino como feminino ocorre entre os dias 12 e 19 de Maio ainda sem local definido (Há boatos de que a competição sairá do Qatar e irá para o Japão)

Fonte: Primicia

O Sul-americano de Clubes Feminino 2013 já tem local definido

Sollys-Osasco-Credito-DivulgacaoFIVB_LANIMA20101220_0035_26


O Sul-americano de Clubes feminino já tem sua sede definida, Lima no Peru que será a encargada de receber os melhores clubes da America do Sul, e ver-los lutar por uma vaga no Mundial de clubes.

No més de maio, Os clubes campeões de seus respectivos campeonatos, vão se reunir na capital do Peru, para jogar por uma única vaga, que os levará até o Qatar para lutar pela gloria mais alta que um clube pode aspirar: O Mundial.

Pelo Brasil, Os favoritos para disputar o Sul-Americano em maio são o Sollys/Osasco, Atuais campeões mundias, onde joga a base da seleção brasileira e o Unilever, onde jogan Logan Tom e Sarah Pavan. Pelo lado Argentino, o participante já está definido será o Vélez Sarsfield que se sagrou campeão argentino sobre o Boca Juniors no final do ano passado.

Liga Venezuelana cada vez melhor!

No final do ultimo mês, Teve fim o 2º campeonato nacional da Venezuela. A Liga Venezuelana, como é chamada, foi um sucesso mesmo contando apenas com jogadores nacionais como Freddy Cedeño, Rodman Valera, Thomas Ereu entre outros que fizeram e fazem parte da Seleção nacional que é uma das vinte maiores do mundo e a terceira força do voleibol sul-americano.

Com seis equipes, o campeonato foi longo cada equipe jogou 20 jogos (2xTurno e 2xReturno) com as quatro melhores se classificando para a semifinal em jogos de ida e volta (igual aos Playoffs da Champions League) e depois a final sendo realizada numa melhor de três jogos.

Na primeira fase, Os atuais campeões e favoritos ao titulo, Huracanes de Bolivar, sobraram vencendo 16 dos 20 jogos terminando em primeiro lugar isolado porém nas semifinais, A equipe de Eddy Herrera e Rodman Valera caiu diante do Vikingos de Miranda considerada a surpresa da competição que mais tarde acabou sendo campeã sobre o Aragua VC com grande atuação de Thomas Ereu, Capitão da equipe, que foi eleito o Melhor jogador da final.

Vikingos de Miranda se proclamó campeón del voleibol venezolanoVikingos de Miranda se Sagrou Campeão em 2012


Premiação
Maior Pontuador   - Thomas Ereu (Vikingos de Miranda)
Melhor Libero       - Héctor Mata (Vikingos de Miranda)
Revelação do Ano - Henry Rojas (Vikingos de Miranda)
Melhor Bloqueador - Fredy Cedeño (Club Voleibol Industriales de Valencia)
Melhor Levantador -  Armando Velásquez (Club Voleibol Industriales de Valencia)
Melhor Defensor    - Thomas Runque (Club Voleibol Industriales de Valencia)
Melhor Recepção   - Enderwin Herrera (Huracanes de Bolívar)
Melhor Saque        - Edson Valera (Huracanes de Bolívar)
Melhor Atacante    - Carlos Tejeda (Aragua Voleibol Club)

Mais Informações: Wikipedia

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Depois de anos brigados, Marcos Milinkovic e Javier Weber se reaproximam.

 Foto rara de Milinkovic e Weber juntos na Unisul em 2004. (Somosvoley/Divulgação)
O atacante argentino está muito perto de voltar a seleção: será membro da comissão técnica. “Se Weber me chama é porque considera que eu possa dar algo a mais a equipe”, disse.

Durante os anos 90, e em grande parte da primeira década do seculo XXI, Marcos Milinkovic e Javier Weber, foram, junto com Hugo Conte e Jorge Elgueta, as figuras inquestionáveis da seleção argentina, que disputou inumeráveis competições a nível internacional, com resultados expressivos.

Marcos Milinkovic, Em sua carreira, fez muitos pontos pela seleção e foi o símbolo de uma equipe que foi semifinalista olímpica em Sydney 2000 e campeã pan-americana em 1995. A maioria de sua trajetória o fez junto com Javier Weber como levantador, com quem também jogou em equipes do Brasil e da Grécia.

No entanto, A vida os foi separando e em 2009 houve o rompimento, quando o ex-levantador Weber convocou sua primeira seleção como treinador nacional e pela primeira vez em quase duas décadas, a lista não tinha Milinkovic. As acusações foram mutuas e a relação terminou.

O tempo passou e as rixas do passado foram esquecidas, principalmente agora que Weber inicia um novo ciclo olímpico e precisa uma serie de reformas para fortalecer a equipe no caminho aos Jogos Olímpicos de 2016 no Río de Janeiro.

Assim este 2013 se inicia com a novidade de que Milinkovic, com impecáveis 41 anos, está a um passo de voltar a Seleção Nacional porém o sim definitivo ainda não veio.

"É difícil decidir agora, porque o Buenos Aires Unidos vem embalado e com possibilidades de ganhar a Liga (Argentina). E então poderíamos jogar o Sul-americano de clubes em maio. E se nos ganharmos, aí tem o Mundial de clubes. É algo muito tentador; por isso ainda não disse a Javier (Weber) o sim definitivo."

Perto da aposentadoria mas ainda em grande forma.
Buenos Aires Unidos encerrou o ano de 2012 em primeiro lugar e invicto sendo dez vitorias em dez jogos. Essa excelente campanha faz os jogadores pensarem positivamente nos playoffs e na conquista da competição nacional.

Nós custamos a nos entrosar nos primeiros torneios. Nicolás Uriarte ganhou confiança no levantamento e a equipe teve um click; amadureceu e ganhou confiança.  Temos um elenco grande, em que o treinador Waldo Kantor pode me guardar a qualquer momento e o que entra rende bem. Há equipe para sonhar com algo grande”, reconhece.

Apesar da idade avançada, Milinkovic vem jogando muito bem não deixando nenhum um pouco a desejar em sua forma física parecendo um menino em quadra.

"Me sinto muito bem. Fiz uma pre-temporada forte na Servia e alem de algumas dores, não tive problemas físicos. E encontrei o ritmo das bolas levantadas pelo Nico (Nícolas Uriarte). Eu quero atacar todo o tempo e o peço sempre; por isso se nota mais meu rendimento"

Mas mesmo assim, O tempo passa e o momento de parar se aproxima.

"Te diria que há  90% de chances de que me aposente assim que terminar o torneio (A Liga Argentina). Javier (Weber) me chamou para ser seu assistente ofensivo. É um lindo desafio e eu gosto”, reconhece.

Oposto Argentino, Ex-Montes Claros, acerta com clube italiano.


O oposto Federico Pereyra, que estava jogando no Al Alhy de Dubai, chega á Itália para reforçar a equipe do Volley Brolo da A2 masculina onde joga outro argentino, Maximiliano Cavanna. Ambos os jogadores quase jogaram juntos no inicio dessa temporada pela equipe de Formosa da Argentina mas problemas políticos e financeiros no clube impediram que os amigos fora da quadra pudessem realizar o desejo de jogar juntos, sonho que só agora será concretizado.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Com apoio da torcida, Jovem equipe do São Caetano está pronta para a Superliga B

São Caetano, a 3ª equipe mais jovem da Superliga B, reuni atletas que se destacaram nas categorias infanto-juvenil e juvenil em competições nacionais como o Brasileiro de Seleções nos últimos anos e buscam uma oportunidade de jogar profissionalmente para adquirir experiencia e no futuro jogar em grandes clubes do Brasil. Com jogadores, em sua maioria, nascidos entre 1991 e 1992, A equipe de São Caetano deverá servir de base para a seleção Junior (Sub-23) do Brasil no Primeiro Mundial Sub-23 que ocorre no Brasil entre os dias 3/10 e 14/10 desse ano.

Liderados pelos Ponteiro André Baiano, Ex-São Bernardo e Danilo Gomes, Ex-São José dos Campos que serão a voz da experiencia dessa equipe que conta com jovens jogadores como o Levantador Lucas Figueiredo, 21 anos e Ex-Blumenau, os Centrais Leandro Martins de 2,16m , 20 anos, Ex-Sesi e Ex-Seleção Juvenil Brasileira e Wennder, 21 anos e Ex-Sada/Cruzeiro e outros como Marcelo Bitelbron de 20 anos, Ex-UCS e Jonas Deschamps de 20 anos, Ex-Blumenau.

Os comandados de Marcio Marques, Estreiam na competição em Casa com forte apoio da torcida que liderou uma pesquisa da CBV no Facebook sobre quem venceria a competição. A Superliga B que foi divida em dois grupos: Grupo A com Aprov/Unoesc/Chapeco, Climed/Atibaia, Monte Cristo e Brasil Infanto-Juvenil e o Grupo B com São José dos Campos, Olympico, São Caetano e Foz do Iguaçu começa, dia 18, com o Grupo A sendo realizado em Atibaia/SP e o Grupo B em São Caetano/SP.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Site elege os melhores do mundo por votação popular

Pelo segundo ano, o site italiano Volleyball.it realiza enquetes para escolher os destaques da temporada, premiação chamada de Volleyball Globe 2012.

A novidade desta vez é que serão realizados “mata-matas” para definição dos melhores por posição.

Link para Votação (Tem que fazer um registro gratuito para votar)


Os Escolhidos - Em Negrito, os Brasileiros - (A Primeira Fase termina dia 10 então quem quiser, vote logo)


LEVANTADORES
Grankin x Raphael
Zagumny x Vermiglio
Grbic x Ricardinho
Tichacek x Zygadlo
Marlon x Travica
Butko x William Arjona
De Cecco x Bratoev
Suxho x Bruninho

OPOSTOS
Mikhaylov x Stanley
Sokolov x Vissotto
Stokr x Atanasijevic
Lasko x Agamez
Bartman x Nikolov
Muserskiy x Grozer
Mijkovic x Wallace
Omrcen x Fei

PONTAS
Tetyukhin x Parodi
Juantorena x Khtey
Dante x Kaziyski
Conte x Savani
Kurek x Anderson
Ngapeth x Leon
Kovar x Murilo
Ball x Zaytsev

CENTRAIS
Lucas x Todorov
Muserskiy x Gunthor
Simon x Podrascanin
Kohut x Mastrangelo
Mozdzonek x Apalikov
Birarelli x Volkov
Yosifov x Lee
Stankovic x Sidão

LÍBEROS
Obmochaev x Gonzalez
Steuerwald x Ignaczak
Serginho x Exiga
Lambourne x Bari
Giovi x Salparov
Henno x Rosic
Sokolov x Gutierrez
Colaci x Serginho (Escadinha)

TÉCNICOS
Alekno x Marcelo Mendez
Prandi x Knipe
Giuliani x Kowal
Heynen x Anastasi
Berruto x Weber
Castellani x Placì
Nawrocki x Stoytchev
Bernardinho x Hoag

Rodrigo Quiroga volta a treinar e pode estrear na Superliga.

Créditos: Divulgação/Minas Tênis Clube

Os treinos da última semana tiveram uma boa novidade para o torcedor do Vivo/Minas. Recuperado de uma lesão de menisco do joelho direito, o argentino Rodrigo Quiroga participou de quatro dias de atividades sob o comando do técnico Horacio Dileo. O atleta, devido à contusão, ainda não teve a oportunidade de fazer sua estreia na Superliga 2012/2013.

Por meio de sua conta no Twitter, o ponteiro se mostrou ansioso para entrar em quadra com a camisa minastenista. O atleta revelou que não sente mais dores no joelho direito, sinalizando um possível retorno na próxima quinta-feira, dia 10, contra o Vôlei Futuro, na Arena Vivo porém só deverá estar 100% no inicio do segundo turno, dia 17, contra o Super Imperatriz.

Quiroga chegou ao clube mineiro após ser um dos pilares da Argentina nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. Apesar do pouco tempo de casa, o ponteiro foi um dos destaques do Vivo/Minas na campanha no Campeonato Mineiro, onde a equipe ficou com o vice-campeonato.

Com apoio da Prefeitura, Foz do Iguaçu quer surpreender na Superliga B

A participação pareceu surpreendente a principio mas a verdade é que a turística cidade do Paraná quer se tornar também a cidade dos esportes. A prefeitura trouxe o X-Games para a cidade desbancando as capitais Rio e São Paulo e acaba de colocar a equipe local de vôlei de volta ao cenário nacional.

No comando da Secretaria de esportes está Anderson Andrade, campeão mundial de futsal em 2000, que estreia na política com um orçamento de R$ 7,8 milhões à disposição. O quarto maior orçamento esportivo do estado do Paraná sendo menor apenas do que a Capital Curitiba (Aprox. 40Mi) e as grandes cidades de Cascavel (23Mi) e Maringá (13,5Mi).

Mesmo com dinheiro em caixa, A ideia da equipe de vôlei é simples: Revelar jogadores e aproveitar o entrosamento da equipe adulta que já joga junta há mais de três anos e ano passado disputou o estadual (3º Lugar) e os Jogos Abertos (4º Lugar). 

Entre os jogadores do atual elenco, o destaque vai para dupla de centrais: Carlos "Bambu" que estava no Panathianaikos só que devido a uma lesão no joelho rescindiu seu contrato e voltou ao Brasil já está em fase final de recuperação e Nivaldo, o Kibe, que já jogou diversas temporadas em clubes paulistas inclusive a Superliga pelo Lupo/Nautico, ambos serão peças importantes principalmente pela sua experiencia já que estavam no grupo do Uniamerica/Foz que disputou a Superliga em 2007/08.
Reforços
Diego Schmidt de 23 anos que até o meio do ano treinava com a equipe da Aprov/Unoesc/Chapecó e Aldren Brand de 21 anos, Ex-Seleção Juvenil, Natural de Medianeira que estava recentemente no Amavolei/Maringá chegam para ajudar a equipe de Foz na disputa da Superliga B. 

Na comissão técnica, está o Técnico Marcos Antunes, o Marcão, que desde 1998 no comando da equipe revelou jogadores como o central Tiago Barth do Sesi, Marcão terá a companhia do ex-jogador Manoel Germano, o Mané que será seu assistente técnico. Sua equipe estreia na Superliga B, dia 18, contra os donos da casa em São Caetano do Sul/SP.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Brasileiro Chegando, Brasileiro Saindo

Chegando o levantador Marcos Cavalari    e    Saindo o ponteiro Robinson Dvoranen, o Bob 
Em meio a uma crise financeira, O Remat Zalau acertou a contratação do Levantador Marcos Cavalari, Ex-Murlee (FIN), que chega ao atual campeão romeno na tentativa de reerguer o clube que está apenas na sexta posição do campeonato nacional após o fim do primeiro turno. Essa foi a primeira contratação do novo treinador, Aurel Vlaicu, que deverá trazer outros jogadores.

O clube, que já havia perdido o Ponteiro Piá por problemas pessoais, sofreu uma redução no seu orçamento e teve que renegociar os salários mais altos para não ficar no vermelho ao fim da temporada porém nem o Treinador Polonês, Mariusz Sordyl, nem o ponteiro Bob aceitaram a redução salarial e rescindiram seu contrato com a equipe romena.

"Há problemas financeiros na equipe e a atual gestão tentou uma renegociação do meu contrato. Eles foram honestos comigo, mas eu não concordei com a nova oferta. Eu tenho algumas opções de clubes na Polônia, Rússia e Brasil depois das férias decido para onde eu vou.", disse o ponteiro Bob a um site local.

Único Remanescente, Climed/Atibaia pronto para a Superliga B

Divulgação local do Primeiro Grand Prix da Superliga B.
Para essa temporada, o Climed/Atibaia apostou em jovens jogadores como os Centrais Pedrão (23) , Ex-Seleção Juvenil e Medley/Campinas e Ninão (21) , Ex-Seleção Infanto-Juvenil e Sport Recife, e o Ponteiro Dhionathan, o Zoio (21) e vem dando tudo certo, um Sexto Lugar no Paulista onde conseguiu complicar a vida dos grandes como Vôlei Futuro e Medley/Campinas perdendo para ambas somente no Tie-Break e uma vitoria convincente sobre o São Bernardo no primeiro jogo da temporada, também participou do Jogos Abertos do Interior (Divisão Especial) onde conseguiu um quarto lugar com uma vitoria sobre a Funvic por 3 sets a 2, agora a equipe treina forte para a Superliga B onde estreia, dia 18, contra a Aprov/Chapecó em casa no ginásio Elefantão .

Da equipe que disputou o Paulista, houve poucas mudanças, Saiu o levantador Eykman que foi para Al-Ahly do Catar e chegou Ricardo Leoni, saiu o Central Thiago Oliveira que foi para o Al-Arabi do Catar e chegou Diego Lopes.

Em relação a Superliga B de 2012, Climed/Atibaia manteve toda a comissão técnica e alguns jogadores como o Ponteiro Gilklem, um dos jogadores mais antigo em Atibaia, que está em fase final de recuperação da lesão na coxa que o afastou das quadras nos últimos meses do ano passado, também manteve o Oposto Sullivan, o Ponteiro Fabinho e o Libero Mendel.

Associação Esportiva de Atibaia que completará nove anos no próximo mês mantem um projeto social ("Esporte em Sua Vida") que atende a quase 500 crianças e adolescentes da região com enfase no vôlei sendo a pratica esportiva realizada nas categorias mirim, infantil e infanto-juvenil desse projeto saiu um dos jogadores do elenco atual, O oposto Jair de 2,10m.